Watching them fall one by one

Sabe aquela peça de roupa que você ja cansou e que nem entende o porque você tinha comprado? E quase resolveu tirar do armário porque jamais imaginaria usando de volta??? Pois é, quase fiz essa besteira! Essa calça camuflada eu tenho a anoooos, e jamais pensei que usaria de novo! Primeiro que é cintura baixa, fiquei meio receiosa, mas quer saber de todos militares que está aparecendo por ai não tem nenhuma peça assim! E isso que é o mais legal quando você guarda a roupa de tendências antigas ela acaba ficando a mais original das tendências atuais que estão aparecendo.

Por isso não deu outra, mesmo de cintura baixa resolvi assumir a barriga de vez, amarrei a blusa e me joguei sem medo no militar! rs E claro, sem deixar de lado um batom vermelhão para dar toda feminilidade ao look, e a mochila pra carregar todas as coisitas do acampamento de guerra para ir à luta contra quem não gostar hein!? hahhahaha brincadeira gente :P

Mas falando serio, o que vocês acham da volta do militar??? Será que vai pegar de novo??? Eu particularmente estou até super aberta com a volta, e acho que podemos criar várias propostas diferentes com a peça, inserindo de volta no contexto mais atual ;)

Estou usando:

- Blusa da TO THE BLACK ( com estampa bapho da Vogue)

- Óculos  lindo da marca SIMON&ME dos meus queridos amigos de Berlim <3

-Anel da CHICNOVA 

Espero que gostem da produção e que se inspirem para o novo militar!

Beijinhos,

Alana Ruas

You can leave a response, or trackback from your own site.

5 Responses to “Watching them fall one by one”

  1. Lu Santos says:

    perfeito Alana! Adoro essa tendência! É uma que as mulheres deveriam investir, mas a maioria não gosta…
    adorei o resultado final do look! bjjs
    lelusantos..blogspot.com

  2. ewa says:

    yes Sir! great, so sexy in this militar look!
    xoxo

  3. inês says:

    Está fantástica! ♡

Leave a Reply

Powered by WordPress | Find Brand New Free Sprint Phones. | Thanks to Best CD Rates, Checking Account Rates and Homes for Sale